Se a sua empresa espera conquistar algum resultado na internet, você precisa pensar em gestão de tráfego.

Caso ainda não tenha intimidade com o termo, tráfego é o fluxo de visitantes que chegam nos canais digitais que você usa para divulgar a sua marca, sejam suas redes sociais, website, canal do Youtube ou loja virtual, por exemplo.

Uma boa estratégia de gestão de tráfego significa um fluxo constante de visitantes, o que resulta em um melhor posicionamento da sua marca, mais engajamento, maior geração de leads e, claro, mais vendas e maior faturamento.

No entanto, o grande desafio é justamente escolher a melhor estratégia para garantir esse fluxo de visitas, principalmente se a sua empresa não possui um gestor de tráfego.

Neste caso, você precisa aprender o que é tráfego online, quais são os principais tipos existentes e os melhores canais para converter:

    • visitantes em leads;
    • leads em leads qualificados;
    • leads qualificados em oportunidades;
    • e oportunidades em clientes.

E, é exatamente isso que nós vamos mostrar neste artigo.

Acompanhe logo abaixo:

O que é Gestão de Tráfego?

A princípio, você pode imaginar que o termo gestão de tráfego significa apenas gerenciar os visitantes que chegam aos seus canais digitais. Mas, é muito mais do que isso.

Significa, também, gerar tráfego de diferentes fontes, segmentar públicos para ter uma audiência realmente interessada nos seus produtos e/ou serviços e, se relacionar com essas pessoas.

Para realizar todo esse trabalho é essencial entender os diferentes tipos de tráfego que existem, suas particularidades, vantagens e desvantagens.

Vamos falar um pouco sobre esses tipos:

Tipos de Tráfego

Existem diferentes tipos de tráfego que você pode usar para garantir um fluxo saudável de acessos ao seu website, landing pages e/ou loja virtual.

São as chamadas fontes de tráfego, que representam os caminhos por onde as pessoas chegam até a sua empresa na internet.

Esse conhecimento é estratégico, podendo impactar nas decisões que você vai tomar relacionadas a quanto (e onde) investir a favor do seu negócio.

Existem diversos tipos de tráfego e você pode se beneficiar de todos eles.

Tráfego orgânico

Dentro da gestão de tráfego, “orgânico” significa aquele em que as pessoas chegaram até a sua empresa sem que você precisasse investir em anúncios patrocinados no Facebook Ads ou Google Ads, por exemplo.

Ele ocorre quando as pessoas encontram a sua empresa pelos mecanismos de busca (como o Google, Bing ou Yahoo), utilizando termos chamados de palavras-chave, relacionados ao seu segmento ou ao problema que estão tentando resolver.

Ou seja, a pessoa pesquisa no Google, digitando uma dúvida ou problema específico que deseja resolver e clica nos resultados mais relevantes para ela.

gestão de Facebook Ads

Por isso, quem deseja gerar tráfego orgânico precisa produzir conteúdos únicos, relevantes e com certa frequência.

Além disso, também é necessário otimizar esse conteúdo usando técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para aumentar as chances dele aparecer nas primeiras posições orgânicas da primeira página de busca do Google.

Ao contrário do que alguns “gurus do marketing” dizem e algumas pessoas acreditam, tráfego orgânico não é gratuito.

Para que essa essa estratégia traga leads qualificados (e volume), seu conteúdo precisará ser de alta qualidade e muito atrativo.

E deve abranger questões de design, copywriting, desenvolvimento web, hospedagem de alta performance, dentre outros fatores técnicos que exigem a contratação de profissionais específicos: redatores publicitários, designers, programadores e por último (mas não menos importante) especialistas em SEO Marketing.

Além disso, a gestão de tráfego orgânico também requer investimento de tempo e energia significativos, já que os resultados costumam aparecer no médio e longo prazo.

No entanto, traz um público bem segmentado, já interessado no que você pode oferecer e, portanto, muito desejado, inclusive, pelos seus concorrentes.

Daí a importância de criar estratégias de gestão de tráfego bem direcionadas para esse público em questão.

Tráfego pago

O tráfego pago, como o próprio nome já diz, também precisa de investimento financeiro para funcionar.

Alguns nichos (menos competitivos) é possível investir menos, enquanto outros nichos (mais concorridos) é necessário investir de forma agressiva (ou restringir o público segmentado) se houver baixo orçamento.

Para compensar, ele traz resultados mais rápidos.

Se você souber como criar boas campanhas de tráfego no Facebook Ads e no Google Ads, segmentando corretamente seu público-alvo, conseguirá aumentar consideravelmente o fluxo de visitantes nas suas páginas ou landing pages em pouco tempo.

Significa que, diferente do orgânico, onde as pessoas encontram a sua empresa, aqui é a sua marca quem vai até elas em diversas plataformas.

Dentro da gestão de tráfego pago você pode trabalhar campanhas de anúncios de várias maneiras.

  • Segmentando pelo perfil do seu público-alvo, em posts patrocinados no Facebook Ads, Instagram Ads ou Linkedin Ads.
  • Investindo em palavras-chave relevantes para o seu negócio, na forma de links patrocinados no Google Ads (antigo Google AdWords).
  • Patrocinando vídeos de anúncios sobre o seu canal com o poder do YouTube Ads.

Todas as estratégias podem funcionar, mas você precisa tomar cuidado para não perder dinheiro com anúncios que não trazem retorno sobre o seu investimento em publicidade (ROAS).

Nesse ponto, empresas que contam com um bom gestor de tráfego ou um especialista em tráfego pago saem na frente na guerra pelos visitantes mais qualificados.

Tráfego social

Basicamente, são todas as pessoas que chegam nos seus canais proprietários vindos das suas redes sociais como perfis no Instagram, Facebook, LinkedIn, Twitter e Pinterest, por exemplo.

Elas são usadas diariamente por milhões de pessoas (apenas no Brasil), por isso, você não pode ignorar essas plataformas dentro da sua gestão de tráfego social.

Existem diversas estratégias que você pode usar para atrair essas pessoas para o seu website, convertendo-as como leads.

tráfego social

Por exemplo, você pode criar posts a partir dos artigos do seu blog, convidando as pessoas para ler os textos, divulgar suas landing pages com iscas digitais como eBooks, infográficos, dentre outros, para captar os dados dessas pessoas, além de fazer anúncios pagos direcionando para as suas landing pages.

O tráfego social possui uma vantagem única: a capacidade de viralização do conteúdo.

Quando isso acontece, existe a possibilidade da sua marca alcançar milhares de pessoas e o fluxo de acessos nas suas páginas pode aumentar bastante.

No entanto, além da dificuldade dessa viralização acontecer, por depender de algum post da sua empresa cair no gosto do público, mesmo quando ocorre ainda pode ser desvantajoso para a sua marca.

Primeiro, porque o seu conteúdo alcançará todos os tipos de pessoas, muitas que não têm nada a ver com o seu perfil de cliente ideal (ICP) ou buyer persona.

Segundo porque, para viralizar, o conteúdo tem que ser muito especial ou muito chamativo.

E aqui muitas empresas cometem o erro de apostar em mentiras ou em um conteúdo sensacionalista só para atingir esse objetivo.

O que acaba sendo um tiro no pé, porque pode prejudicar a credibilidade da sua marca.

Portanto, invista no tráfego social sendo sempre muito ético e honesto quanto aos conteúdos que publica.

Produzir conteúdos específicos para as redes sociais possibilita criar audiências qualificadas de pessoas interessadas nos assuntos que a sua marca aborda.

Tráfego de referência

Sabe quando você pede uma indicação de um produto ou serviço para algum amigo e, quando ele indica, você tende a confiar?

Na verdade, quanto mais confiável for o seu amigo, mais chances de você fechar o negócio, não é mesmo?!?

tráfego de referência

Podemos usar esses conceitos dentro da gestão de tráfego, através do tráfego de referência.

Você já deve ter percebido que os artigos nos blogs possuem vários links clicáveis, inseridos no conteúdo.

Alguns desses links funcionam como uma “indicação” ou referência ao encaminhar o usuário para outra página (de um outro domínio ou subdomínio), após o clique.

Esta é uma técnica de SEO chamada backlink.

A ideia é que uma página transmita autoridade ao referenciar a outra, dizendo ao Google e outros dispositivos de pesquisa que aquele conteúdo também é relevante.

É uma estratégia interessante para você usar dentro da sua gestão de tráfego, pois pode enriquecer o conteúdo, mostrar a fonte de pesquisas ou direcionar para locais com informações mais abrangentes sobre determinado tópico.

Você também pode fazer parcerias com outros websites, que não sejam concorrentes, mas que possuem o mesmo público-alvo, para fortalecer o tráfego de referência, dando mais visibilidade e autoridade para o seu próprio negócio.

Tráfego direto

Esse é o sonho de toda marca. As pessoas que chegam por tráfego direto são aquelas que digitam o endereço da sua página direto no navegador ou, então, deixaram salvo nos favoritos.

tráfego direto

Ou seja, você não precisou investir em campanhas de tráfego no Facebook Ads ou Google Ads, nem produzir conteúdos com técnicas de SEO.

Você também não precisou de nenhuma outra página divulgando o seu negócio.

Toda a ação vem do seu público, que já conhece a sua marca.

O tráfego direto é feito por um público já fidelizado, por isso ele tem grande valor e forma uma audiência muito qualificada, provavelmente pronta para comprar seu produto ou serviço e se converter em cliente.

Para alcançar esse nível de engajamento com as pessoas, é necessário investir pesado no branding da sua empresa.

Quanto mais você fortalecer a sua marca, mais tráfego direto será convertido para seus canais de aquisição.

Tráfego de e-mail marketing

Dentro da gestão de tráfego, o e-mail é uma poderosa ferramenta de relacionamento e vendas.

Inclusive, muitas empresas utilizam o e-mail marketing como principal meio de comunicação com seus leads, novas oportunidades e clientes. Afinal, quase todas as pessoas possuem uma conta de e-mail.

Além disso, é a forma mais fácil e mais segura de manter o controle da sua comunicação com eles. É você quem define quando falar, o que falar e como falar.

Outra grande vantagem é que você consegue se relacionar de forma muito mais pessoal com seu público, fortalecendo a conexão com a sua marca.

Apesar dos links contidos em e-mails não influenciarem diretamente nos mecanismos de buscas, nem passarem autoridade, eles são recordistas em cliques.

Afinal, foi o próprio usuário que se cadastrou em sua lista (desde que você tenha construído e não comprado uma), sinalizando o interesse em receber maiores informações sobre a sua marca.

Ao contrário do tráfego pago, o primeiro contato partiu da pessoa, portanto é natural que ocorra uma maior taxa de engajamento.

Portanto, o e-mail marketing é um excelente caminho para gerar tráfego para suas páginas de iscas digitais, segmentando os leads por perfil e interesses, ou direto para as páginas de vendas, teste gratuito ou orçamento, oferecendo seus produtos e serviços.

e-mail marketing do RD Station Marketing

O tráfego originado por e-mail marketing é extremamente qualificado, porque são pessoas que autorizaram a sua comunicação com elas.

Ou seja, elas têm muito interesse na sua marca, tendo maior probabilidade de serem convertidas em clientes.

Como escolher o melhor canal de tráfego?

Talvez agora você esteja se perguntando se deve direcionar a sua gestão de tráfego para algum canal específico, priorizando um dos tipos de tráfego que falamos por aqui.

Neste caso, não existe resposta certa ou errada.

Quem vai dizer as melhores fontes de tráfego para o seu negócio são as métricas de performance.

Funnelytics Pro

Elas representam o melhor caminho para definir a maneira mais eficiente de atrair o público certo para as suas páginas.

Felizmente, na internet tudo pode (e deve) ser medido e analisado, portanto, para que sua gestão de tráfego realmente funcione, você precisa observar os dados coletados nos seus canais digitais.

A partir da análise destas informações, você estará embasado para decidir quais as melhores estratégias que devem ser utilizadas (e mantidas).

Você pode, por exemplo, avaliar as taxas de conversão de cada etapa do seu funil (topo, meio e fundo de funil) e o ROI (Retorno Sobre o Investimento) de cada canal de aquisição de tráfego.

Mas, existem vários outros indicadores e é necessário estudá-los com cautela para saber quais serão mais úteis para o seu negócio.

O fato é que cada fonte de tráfego possui suas vantagens e desvantagens mas, provavelmente, você alcançará mais resultados se combinar mais de um tipo na sua estratégia de gestão de tráfego (desde que seu orçamento lhe permita fazer isso).

Investir apenas em um tipo de tráfego, apostando todas as suas fichas nele, pode limitar o crescimento da sua marca. E, seria o mesmo que colocar todos os ovos de ouro em uma única cesta.

Tenha em mente que quanto mais pessoas você conseguir trazer para seus canais de aquisição, mais resultados você irá obter para o seu próprio negócio.

Benefícios da gestão de tráfego

Existem vários benefícios de investir em uma gestão de tráfego profissional. Falamos rapidamente de alguns deles ao longo deste artigo, mas aqui vamos detalhar os principais.

Potencializa a autoridade da sua marca

Ocupar as primeiras posições no ranqueamento dos mecanismos de busca como o Google e o YouTube, reforça a autoridade da sua empresa sobre aqueles assuntos / temas pesquisados.

Consequentemente, você aumenta a visibilidade da sua marca e reforça seu branding.

Traz maior Retorno sobre o Investimento (ROI)

A combinação da gestão de tráfego (orgânico e pago) acelera o seu retorno sobre o investimento, já que as estratégias se complementam.

Enquanto o tráfego orgânico, usando técnicas de SEO, traz resultados no médio e longo prazo, o tráfego pago (com estratégias de remarketing por exemplo) produz resultados no curto prazo, permitindo manter seu caixa saudável e com fluxo contínuo.

Aumenta suas vendas

A mídia paga permite focar na venda do seu produto ou serviço, dando mais visibilidade para suas campanhas. Quanto mais pessoas você trouxer para seu website ou landing page, maiores serão as chances de aumentar as suas taxas de conversão.

Cria audiência qualificada

Uma boa gestão de tráfego melhora a segmentação dos públicos que estão sendo atraídos para as suas plataformas, focando nas pessoas mais interessadas pelo seu produto ou serviço.

Os recursos disponíveis nas ferramentas de tráfego pago propiciam segmentar por palavras-chave, por informações demográficas, como gênero e faixa etária, por exemplo, ocupação e vários outros interesses.

No entanto, apenas usar esses recursos não implica que suas campanhas alcançarão exatamente as pessoas desejadas.

O sucesso dos seus anúncios depende da análise e otimização realizadas por um bom gestor de tráfego.

Pronto para aumentar seu tráfego?

Esperamos ter mostrado a importância da gestão de tráfego para a sua empresa. No entanto, é preciso dizer que não existe uma fórmula mágica para gerar tráfego qualificado.

É essencial que a sua empresa faça um planejamento de quais fontes serão usadas, teste as estratégias, analise as métricas e faça os ajustes necessários.

A única certeza é que sem tráfego a sua empresa não irá obter resultados na internet (e até fora dela). Seu público não chegará até você e essas pessoas não comprarão seu produto e/ou serviço.

Por isso, é tão importante ter um especialista em tráfego pago trabalhando para ajudar a sua empresa.

No entanto, a busca por um bom gestor de tráfego pago é difícil, o que leva algumas empresas a impulsionarem seus anúncios por conta própria.

E, mais cedo ou mais tarde, esses empreendedores percebem que:

  • desperdiçaram tempo e dinheiro;
  • não tiveram retorno sobre o investimento pela falta de conhecimento técnico (e estratégico).

Se você não deseja correr este risco, contrate os serviços de gestão de tráfego de uma agência especializada em Facebook Ads e Google Ads, como a agência O Condado.

Alguns integrantes da nossa equipe já gerenciaram mais de R$14,4 milhões no Facebook Ads e R$4,4 milhões no Google Ads.

Se quiser saber mais sobre como podemos lhe ajudar a alavancar os resultados da sua empresa com esse serviço altamente especializado, entre em contato conosco sem nenhum compromisso.

5 1 voto
Classificação